Páginas

2.7.08

definição à música de erik satie

a mão desliza pelo rosto, uma pele escura liga-a ao ante-braço. tocou seus braços, pernas e pés, dir-se-ia que aqueles braços não eram seus, muito menos as mãos
desajeitadas.
ouvia a uma peça de satie que entrava pela porta entreaberta do banheiro sem incomodar os anos. notou derrepente que não existia e desejou realmente não ser nada, nem uma música como aquela, que também possui um final e que mesmo assim nunca se acaba.

Nenhum comentário: