Páginas

24.8.10

Entre a coisa e o nome, a coisa
entre o vinho e a taça, o vinho
entre a boca e o baton, a boca
entre a mão e a luva a mão
entre o pé e o salto, o pé
entre a pele e o pano, a pele

entre nós, nada.

Poema 'Entre' do Chacal.

2 comentários:

helô disse...

por onde anda adan?
to com saudade.

helô disse...

adan, que engraçado, tinha escrito algo parecido há alguns anos... será que copiei chacal sem conhecê-lo? será telepatia inconsciente? somos filhos da mesma mãe natureza?