Páginas

24.4.09

alter ego

como um imã sou atraído por sua carne fremente
onde roço meus dedos negros
em sua pele negra

e sinto tua língua abrindo minha boca cansada
depois nos despedimos

e continuamos assim
a caminhada

Nenhum comentário: