Páginas

4.2.08

novo prazer.


fico arrepiado só em senti-lo
quando toca meu rosto
extremeço-me da cabeça aos pés.
admiro as formas que você me aperece,

gosto de você frio.

é belo quando levita tudo o que deseja,
até minhas janelas tremem com a tua presença:



óh, vento ameno da primavera.

Nenhum comentário: